Condições climáticas, rios próximos, espaço de trabalho, condições de instalação, técnica construtiva, tipos de fundação, lençóis freáticos, ajustes de cronograma, vizinhança da obra, erros de projeto, experiência da equipe.

Toda obra está sujeita a elementos internos e externos que podem apresentar riscos, desde os menores até os mais danosos.

Assim, transferir os potenciais riscos para uma empresa Seguradora é uma excelente medida para quem deseja administrar uma construção com responsabilidade e sem prejuízos.

A seguir, apresentamos respostas para as principais dúvidas sobre o Seguro de Riscos de Engenharia, desde as suas vantagens até as coberturas e documentos necessários para a contratação. Confira!

 

Quais as vantagens do Seguro de Riscos de Engenharia?

Com frequência, vemos obras serem paralisadas no país, por causa de problemas como danos estruturais e erros de planejamento ou de projeto. Falhas de equipamentos e incêndios são outras situações que podem levar à paralisação das obras, gerando prejuízos para as construtoras. Além disso, é no setor de construção civil onde mais acontecem acidentes de trabalho.

O Seguro de Riscos de Engenharia pode oferecer proteção para esses e outros diferentes tipos de riscos aos quais uma obra pode estar exposta, seja ela pequena ou grande. O objetivo do seguro é reduzir o custo das obras a partir do gerenciamento de riscos potenciais que poderão ser transferidos para o mercado segurador.

Essa modalidade de seguro protege a empresa contra os riscos de prejuízos que podem surgir nas situações imprevistas como as já citadas. Despesas essas que poderiam comprometer até mesmo a continuidade do negócio.

Dessa maneira, contar com um seguro de obra é fundamental para proteger os empreendimentos em construção de situações prejudiciais que sempre podem ocorrer independentemente do tamanho da construção.

 

Como funciona o Seguro de Riscos de Engenharia?

 

Se você deseja gerenciar uma obra com responsabilidade e sem grandes prejuízos ainda que acidentes aconteçam, já sabe que o Seguro de Riscos de Engenharia é uma excelente opção.

Então, confira a seguir mais informações sobre esse tipo de seguro. Descubra quais coberturas estão disponíveis, quem pode contratar e qual a documentação necessária para contratar o seguro de obra.

 

Quais as coberturas que podem ser contratadas?

A cobertura básica tem foco na proteção contra danos materiais decorrentes de incêndios, explosões, alagamentos, vendavais, emprego de materiais defeituosos e roubos, sendo que esses são apenas alguns exemplos de riscos cobertos pelo seguro de obra.

Além da cobertura básica, é possível contratar coberturas adicionais para estender a proteção para além do empreendimento em si. Uma das coberturas adicionais mais importantes é a de Responsabilidade Civil que protege as pessoas que estão na obra em caso de danos corporais, morais ou materiais involuntários. Ela garante ao construtor o reembolso de indenizações pagas a terceiros na reparação desses tipos de danos, caso tenham sido sofridos em decorrência da execução da obra segurada.

 

Quem pode contratar?

A apólice do Seguro de Riscos de Engenharia pode ser emitida em nome da construtora ou do dono da obra. Além disso, todos os envolvidos nos serviços e fornecimentos necessários à construção poderão ser amparados pela apólice, devendo ser citados como “Co-segurados”.

 

Qual a documentação necessária?

Ao contrário do que se pode imaginar, a contratação do Seguro de Riscos de Engenharia não é complexa. Afinal, os documentos necessários para a contratação do seguro são os mesmos que se deve ter antes de se iniciar qualquer obra.

A seguradora precisará ter acesso à descrição completa do projeto (memorial descritivo), ao cronograma físico financeiro (incluindo as datas previstas para cada fase e a duração total estimada do projeto) e ao contrato de construção.

Com estes documentos, os especialistas poderão avaliar os riscos da obra e recomendar as coberturas adequadas de acordo com suas especificidades da obra.

Além disso, para contratar o seguro de obra, também é preciso informar o percentual de mão de obra, o local da construção e as propriedades circunvizinhas que poderão também estar expostas aos riscos inerentes à execução da obra.

 

Como uma corretora de seguros pode ajudar?

Como você pôde perceber no tópico anterior, cada Seguro de Riscos de Engenharia é único já que cada obra ou construção tem características específicas, a exemplo de custos, projetos, duração e local. Estas características devem ser analisadas para a decisão das coberturas adequadas à obra.

Por esse motivo, é preciso contar com profissionais especializados em seguro de obras na tomada de decisão que resulte em melhor custo-benefício na contratação do seguro.

O grande diferencial da CONSET é que, além de auxiliar na definição das coberturas adequadas para cada obra, também presta assessoria para a avaliação dos riscos e para a negociação de taxas competitivas no mercado segurador.

A CONSET ainda acompanha a evolução do risco por meio da elaboração de relatórios de inspeção, estando sempre presente nos processos de sinistro, desde a inspeção inicial de comprovação dos danos até a indenização final.

 

Quer saber mais sobre o Seguro de Riscos de Engenharia? Entre em contato com nossos especialistas através do formulário abaixo!


Ficou Interessado? Entre em contato!

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.